Em busca da organização

Eu sou uma pessoa desorganizada, mas queria ser quase como a Mônica Geller nesse quesito. A verdade é que não sou organizada, mas às vezes me convenço que sou e consigo até enrolar algumas pessoas. Sim, eu até consigo escrever umas ideias que tenho que provavelmente nunca serão concluídas, mas tudo meu é uma bagunça. Horários de dormir e acordar? Check. Quarto? Check. Bolsa? Check. Qualquer intenção de fazer algo e na verdade não fazer? Check.

* Um momento de tristeza por eu não ter encontrado o gif do episódio de Friends em que Mônica e Ross falam coisas e dão um check mental. Como não encontrei, o que fiz? Tirei print do Netflix com qualidade tosca, mas me sinto incrível por deixar aqui o que eu queria, mesmo com um “erro” na legenda. Paz de espírito!*

design-sem-nome

Eu tenho que mudar, né? Como sou ser humano e deixo tudo para depois, a mudança vai ser uma coisa bem lenta e linda, então resolvi me dar de presente uns meses só planejando a mudança e ela vai começar só no ano que vem. Na verdade não estou planejando nada, só falando e esperando que eu decida mudar. Sou dessas que me presenteio só pelo simples fato de ter tido a “ideia completamente inovadora”. Eu nunca fui de me presentear, mas faz parte da mudança  imaginária querer que eu seja assim, então vamos ser. Risos. Não entendo mais nada.

Uma coisa que vai me ajudar é comprar uma agenda. Eu já tive várias e é claro que não usei nenhuma delas por muito tempo, mas lembram da mudança que eu falei? Sim, sim. Eu vou comprar uma agenda, vou comprar canetas, vou escrever meus planos de fazer viagens e ter dinheiro enquanto fico sentada no sofá. Exatamente.

O meu plano vai dar tão certo que comecei a pesquisar o preço das agendas ainda em outubro. É garantia de sucesso. Para que tudo fique ainda bem mais organizado e tudo maravilhoso, a agenda tem que ser bem bonita e as canetas também para que eu me force a escrever no objeto bonito usando outros objetos bonitos.

Já que dei uma pesquisada em agendas, resolvi colocar aqui um apanhado de algumas. Eu quero que todo mundo consiga planejar as coisas e, aos poucos (querendo que fosse aos muitos), colocar seus planos e sonhos em prática. Sou do time paz mundial.

agendas2017

  1. Agenda Say yes da VIPAPIER: R$54,90
  2. Agenda Hexagon da Te Neus Agenda na Livraria Cultura: R$63,00
  3. Agenda Listra tropical da VIPAPIER: R$54,90
  4. Agenda Kate Larsen da Te Neus Agenda na Saraiva: R$44,90
  5. Agenda Semanal da Catavento: R$50,00
  6. Planner Rosa brilho da Meg & Meg: R$139,90

Na verdade estou bem relaxada pensando nas mudanças que vou ter na vida e com o coração tranquilo de que é bem provável que eu não faça nada. Abraços.

Desejos de papelaria

A minha parte favorita de voltar às aulas sempre foi as comprinhas na papelaria. Semana que vem começo um curso com duração de três meses, então saí para comprar algumas coisas que eu não tinha mais (ou queria mais!), como caderno, caneta, lápis e pasta.

Comprei tudo em um shopping mesmo, mas encontrei coisinhas maravilhosamente maravilhosas on-line e… já quero tudo!

euqueropapelaria-girassolcomlistras

  1. Caderno universitário do Snoopy Tilibra na Livraria Cultura
  2. Caneta ilustrada da Veio na mala
  3. Etiqueta de bolinha adesiva da Coringa no Submarino
  4. Canetas Stabilo com 15 cores na Livraria Cultura
  5. Kit Pop Office da Tris no Submarino 
  6. Lápis Andy Warhol Philosophy da Galison no Submarino
  7. Caderno universitário Hora de Aventura na Livraria Cultura 
  8. Pantone postcard box na Livraria Cultura
  9. Pequena agenda mensal (Cicero Papelaria) na Livraria Cultura
  10. Bloco de notas + Post-it da Veio na mala

A impressão que dá é que com materiais novos (ou bem conservados) e que fazem parte do nosso estilo, o estudo fica mais fácil e prazeroso.

Fofuras de papelarias, amo vocês!

Fontes de letras e sua beleza

Lembro que sempre gostei de coisas fofinhas, mas nunca tive muita paciência em fazê-las. Era o terror da aula de artes. A primeira profissão que quis ter, que eu me lembre, foi a de escritora. Eu escrevia muito, fosse sobre qualquer coisa ou uma história mesmo. Naquela época eu não tinha computador, então escrevia tudo manualmente. Depois que minha letra ficou mais bonita por conta do caderno de caligrafia (alguém mais usou?), aí é que me encantei mais por escrever porque queria ver a minha letra bonita.

Descobri que gosto de lettering, que são aquelas letras lindas desenhadas, e, em vários momentos, já pensei que, se nada der certo, vou fazer um curso e trabalhar com isso. Há uns 10 anos já pensava em escrever em convites de casamento. Sou romântica.

Ainda não fiz nenhum curso, por enquanto, mas essas letras lindas ainda me encantam. Recentemente, criando/tentando uma identidade visual para um projeto, lembrei que existem sites com fontes diferentes daqueles já batidas do Word, então fui dar uma olhada. Entrei em alguns sites, mas o que mais gostei foi o Netfonts.

Fontes

Ele é em português e de graça. Lindo! É super prático de usar, mas até agora só baixei e instalei o modelo pronto, então não usei os outros artifícios. Para fazer isso, é só escolher a letra, clicar em “baixar” e pronto. Quando abrir o arquivo WinRAR, é só clicar no arquivo de fonte (última opção), abrir e instalar. Pronto, já pode usar a letra . Pelo que vi, funciona apenas em Windows. Existem vários outros sites do gênero por aí e vale a pena pesquisar.

Win

Win Instalar

Deu a louca em mim e baixei 14 fontes, mas ainda vou dar uma olhada para baixar mais. Essas fontes são boas para criar cartões, colocar em blog, foto, vídeo… são versáteis e deixam um projeto ainda mais bonito.

Inspirações para um home office

Quando eu era menor, via em muitos filmes que várias casas tinham um escritório e eu também queria um. O espaço, na maioria das vezes, era do pai e lá ele resolvia coisas da empresa em que trabalhava. Os escritórios eram sempre organizados e com um jeitinho bem riqueza. O meu avô tinha um, mas bem diferente dos mostrados no cinema.

Meu avô morava em uma casa bem grande e branca com a minha avó. No quintal tinha um quarto com algumas coisas como produtos de limpeza e tábua de passar roupa, mas também estantes com vários livros e uma mesinha. Meu avô fez faculdade de Direito, mas estudou até o fim de sua vida atual.

Muitos livros eram bem antigos, outros revestidos com capa dura… mas a minha parte favorita era a mesinha. Uma mesa simples de madeira com um tampo de vidro e, embaixo, vários papeizinhos importantes para ele. Não faltava calendário, canetas, lupa, régua, borracha, lápis, gavetas cheias de documentos, um chaveiro de elefante com uma pérola dentro (adivinha quem perdi a pérola) e outras coisas, mas a estrela era nada mais nada menos que… uma máquina de escrever!

Lembro de passar horas vendo meu avô datilografar, lembro de vários momentos em que eu sentei na cadeira e fiquei escrevendo coisas aleatórias. Achava tudo tão mágico e parecia que as palavras que saiam de lá eram mais importantes que qualquer outra… talvez fosse pela melodia das teclas ao serem tocadas. Não sei. Sei que tenho memórias maravilhosas sobre esse tempo e que o escritório do meu avô era extremamente funcional para ele, já que tudo correspondia aos seus desejos e utilidades.

Hoje em dia muita gente chama escritório de home office e ele tem se tornado cada vez mais popular, principalmente pelo crescimento de pessoas que estão trabalhando parcial ou integralmente em casa.

Estou pensando seriamente em organizar melhor o espaço que tenho no meu quarto e criar um escritório/home office nele. Tenho pesquisado algumas inspirações e gosto de vários elementos que encontrei.

Home office 4

Paredes claras são melhores para não desviar a atenção do que realmente deve ser feito e é legal ter alguns recados ou quadros com frases encorajadoras e fofas para ajudar nessa vida muitas vezes dificilzinha. Amo a combinação de cores neutras com tons pasteis e fico em uma dúvida eterna entre qual dos dois estilos gosto mais.

Home office 3

Colocar alguns pontos com cores mais fortes faz com que a apatia do ambiente, se for todo em cores claras, seja quebrada e acaba dando um ânimo a mais para estudar ou trabalhar.

Home office 2

Fotos! ♥ Fotos deixam tudo mais aconchegante e fofo, não é? Ver os rostos das pessoas que são importantes na nossa vida e alguns momentos especiais… tudo fica mais bonito e fácil.

Home office 1

Gosto da ideia de usar portas e cavaletes para criar a mesa porque uma mesa, na maioria das vezes, não é barata, então poder usar coisas baratas e/ou reciclar o que se tem em casa é maravilhoso. Dá para se fazer muita coisa bonita gastando pouco, é só ter criatividade e se esforçar um pouquinho. Dá para ver muitas inspirações em lugares como o Pinterest.

Home office 5

O lugar vai ser, acima de tudo, para estudo e trabalho, então é melhor deixar ele bem livre e guardar nas gavetas as coisas que são menos usadas, liberando espaço na mesa e deixando-a mais organizada.

Sei que quero colocar um pouco das minhas lembranças no escritório com meu avô. Gosto de imaginar um lugar em que ele se sentiria bem, mesmo que não do jeito que eu me sentia no dele.

E então, vamos reservar um lugarzinho da casa e criar um home office? Lembre de deixá-lo funcional e com a sua cara. Você precisa se reconhecer no ambiente e ver que ele realmente ajuda na sua produtividade. 

Parede de lousa

Há um certo tempo a parede de lousa vem ocupando espaço na área de decoração. Além de tornar o ambiente mais aconchegante e informal, ela permite que a parede seja usada de forma funcional, já que dá para escrever qualquer coisa nela.

É algo simples e que dá para fazer em qualquer parede, como mostra o Follow the Colours. Se não quiser usar tinta, dá para fazer com papel contato, como ensina a Teoria Criativa. Ainda existe adesivo já pronto. As duas cores mais usadas são o preto e o verde – é indicado que a cor seja escura para facilitar a visibilidade do que foi escrito, mas a escolha é do cliente, claro.Ninguém manda em ninguém.

Apartamento 33

A parede já acaba sendo uma decoração por conta do contraste com as outras, mas o que ela vai receber acaba adornando ainda mais o ambiente. Ela pode servir de calendário, escrever receitas, espaço para desenhar ou jogar, mural de fotos ou recadinhos, planejador de tarefas… acho que fica bem principalmente na cozinha, home office e sala. São muitas as possibilidades de customização e utilização da parede. É usada principalmente em paredes, mas pode ser em objetos como armário, bandeja, caderno, espelho, jarro, luminária, quadro e outros.

Tu Organizas

Follow the Colours

Dele e Dela

Eu queria que a minha casa da infância tivesse uma parede assim, aí eu não teria riscado as paredes brancas. Ou não.