Timidez e o crescimento

Sempre gostei de escrever e muito disso é graças à minha timidez. Por mais que eu falasse, era através das palavras que eu conseguia dar voz à tudo aquilo o que sentia. Não estou dizendo que escrevo bem, mas sim que é o momento em que consigo decifrar melhor o meu eu.

Como já comentei algumas vezes, meu desejo de ter um blog é bem antigo. É então que penso como eu estaria agora, caso tivesse criado um assim que o desejo surgiu. Claro que não posso ter afirmação alguma sobre isso, mas de uma coisa eu sei: o lugar em que estou e o que estou caminhando são melhores. Como sei disso? Bem… mudei. Se um mês (até menos, vai) é capaz de mudar alguém, imagina mais de cinco anos. Não só mudei, mais também melhorei.

É isso que gosto de pensar quando me lamento por não ter criado oportunidades, seja quais forem, antes. Tudo o que aconteceu comigo me trouxe até aqui e o lugar no qual me encontro é bom. Muito bom. São nesses momentos em que agradeço pela timidez ter me impedido de divulgar os tantos textos que imaginava ou até mesmo escrevia. Não é que eles fossem absurdos ou algo do tipo, mas faltava amadurecimento das ideias e, ainda bem, estou mais perto do que nunca. Ufa!

Que bom que a gente tem a oportunidade de mudar, não é? Que bom que a gente pode crescer.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s