Lembranças de um 13 de agosto

Há 4 anos eu estava em sua casa. Era um sábado e almoçaríamos juntos. Era o último dia que nos veríamos aqui, mas não sabíamos. Eu lhe dei um simples alfajor de doce de leite que havia comprado, mas você, com toda a sua doçura, falou: “um presente único!”. Essa frase ainda ilumina o meu sorriso.

Entre uma conversa e outra, um choro seu ao lembrar-se de um irmão que já havia partido. Um choro seu, mas que ecoou em lágrimas minhas. Eu, que não lembrava tê-lo visto chorar, mesmo achando que já presenciei tal cena.

Entre um simples presente, choro, conversas e risadas, os tradicionais abraços de chegada e despedida. O abraço de despedida foi… uma despedida. Um dos dias mais marcantes da minha vida e que, por vezes, me faz querer voltar ao tempo para receber mais um abraço e ouvir mais uma piada.

Obrigada por tudo, vovô. Quero um abraço da próxima vez.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s